Dicas, Livros, Resenhas

Comprei e recomendo: 1 página de cada vez

Postado por Duds

spotifysessions(2)

Quando postei a foto do livro na rede social Instagram, fez o maior sucesso. A Gabi, uma amiga minha, comentou que tinha comprado e amado, e logo depois o Vitor postou no dele, dizendo que o livro “fala bastante sobre pizzas, sereias e dias bosta“, e é bem isso mesmo.

Cruzei com ele lá na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo (na loja maior, mas acredito que tenha na loja de artes também), quando fui comprar um presente pra uma amiga, e ele foi bem barato, viu?

Comecei tem uns dois dias e já tô amando, vamos ver se eu te convenço <3

Marcadores

O que eu mais gostei nesse livro foi o caráter escrita+desenho que ele tem, isso quer dizer que eu posso usar meus marcadores. Não é como o Wreck This Journal que você tem que arrastar por aí, cuspir, jogar café, vomitar nele. Não que isso não seja bem massa, mas o ponto é que no final de tudo ele ainda fica bonitinho, e isso é importante. O segundo item diz por quê.

Ele é BEM MAIS pessoal que os outros do gênero, talvez.

Tem uma porção de livros interativos assim que eu ainda não vi/testei, mas o que mais se aproxima desse em relação ao quesito memórias é, talvez, o How to be an explorer of the World, que já foi resenhado pela Bru e é da mesma autora do Wreck This Journal. Isso porque o propósito desse livro é literalmente construir/juntar memórias, e como o Vitor falou, superar os dias bosta. Ao final de um ano, a carga emocional do livro é bem maior que o de qualquer outro do gênero.

A dinâmica é simples, mas disciplinar

O propósito é escrever em uma página de cada vez, uma por dia, mas a mágica é que se você quiser pular um dia e fazer duas de cada vez, dia sim, dia não, também pode, porque o livro é maravilhoso e não pergunta exatamente coisas do dia como Q&A, e sim coisas da sua vida.

O autor é o quê? Maravilhoso!

O Adam é a pessoa mais engraçada ever, gente! E a trajetória de vida é basicamente a que todo mundo nessa área quer seguir – ele é designer gráfico, trabalha numa agência, tem esses projetos por paixão pelo que faz e até mantém uma loja. É ou não é o sonho americano? É sim. Eu mega recomendo vocês acompanharem o blog, o Twitter e o Instagram dele. Melhor pessoa.

Então vem, gente, pode vir. Vem amar isso aqui comigo <3

SAM_6523

SAM_6526

SAM_6527

SAM_6528

SAM_6529

Eu sei que você tá morrendo de vontade de correr e comprar, eu sei. Mas antes, fala aí nos comentários o que você achou, vai :3

8 Comments

  1. Gabs

    22 de agosto de 2014 at 23:34

    Já comprei, já amei, já falei com o Adam no blog dele (e ele foi super fofo) e já fiz três páginas <3

    1. dudssaldanha

      24 de agosto de 2014 at 15:02

      É uma lindezinha, não? <3333

  2. opsjes

    23 de agosto de 2014 at 02:09

    Ok, obrigada por me deixar super curiosa sobre o livro. Eu nunca tinha ouvido falar dele, foi a primeira vez hoje e já estou louca para ter uma grana e ir comprá-lo 🙁 vida de pobre não é fácil, haha.
    Beijinhos sua malvada, http://dreamsin-paris.blogspot.com.br/

    1. dudssaldanha

      24 de agosto de 2014 at 15:04

      ele é bem mais barato que os outros do gênero, jess, eu acho que paguei 20 reais nele <3 disponha sempre pra fazer os outros comprarem coisas HAHAHAHA beijo, obrigada pela visita <3

  3. Juh Claro

    25 de agosto de 2014 at 10:30

    Eu peguei ele 3 vezes na mão na bienal mas achei meio caro (tava 24,90), tinha visto na saraiva por 18… quem sabe domingo que vem eles fazem uma promoção melhor? haha daí eu levo! Mas de qualquer forma quero muito, apesar de nem ter tocado no meu WTJ ainda :S
    Beijo!

  4. Sonia

    27 de agosto de 2014 at 18:51

    comprei no saraiva na promoção de desconto progressivo saiu a R$ 15,92 só que o meu vai demorar chegar pois comprei um junto que estava na pre venda.

  5. Juliana Rabelo

    29 de agosto de 2014 at 09:34

    aaaaah que legal, Duds! tava louca pelo wreck this journal, e agora acabei de colocar mais um livro interativo na listinha D:

  6. Martha

    29 de agosto de 2014 at 22:18

    Chateada que não li esse post antes de ir na bienal! Tinha pilhas desse livro em algum lugar de lá, mas nem chegar a ver direito.

    Obrigada pela apresentação dele, Duds! Agora com certeza desejo tê-lo hihi <3

Deixe um comentário